Rua Dr. Albano de Almeida Lima, 364 • Campinas (consultório)

Rua Dr. Albano de Almeida Lima, 384 • Campinas (diálise)

(19) 3212-0145 • (19) 3284-2528

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

Conheça nossa história!

 

A Clínica Humânitas Assistência Médica Integral em Saúde iniciou as atividades em abril de 1998, aliando tecnologia, eficiência, segurança e humanismo na assistência médica. Dentro de uma visão integrativa, o sofrimento do ser humano é visto em uma abordagem bio-psico-social, redimensionando sua vida diante da saúde-doença e da vida e morte, permitindo tornar-se o autor de seu próprio destino colocando o afeto e a família como norte dos cuidados.

 

A frente dos trabalhos está Dr. José Marcelo Morelli, graduado pela Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP. Ainda quando estudante de medicina, bolsista pesquisador da FAPESP, se aprofundou na questão da morte como alicerce de sua formação humanista. Dr. José Marcelo Morelli é médico com vocação assistencial e científica, participando ativamente das demandas da sociedade civil e congressos científicos.

 

Em 1991, formou-se em Acupuntura Médica pelo Instituto de Treinamento para Estrangeiros da Universidade de Pequim – apoiado pela Organização Mundial de Saúde.

 

Em 1994, iniciou Residência Médica na Escola Paulista de Medicina em Nefrologia e Clínica Médica. Dentro da UNIFESP, na disciplina de Nefrologia, viu florescer do esforço de seus professores, o Hospital do Rim e Hipertensão, líder mundial em Transplante Renal, onde consolidou sua formação em Nefrologia.

 

Em 1996, trabalhou como voluntário no Campus Avançado da Escola Paulista de Medicina com índios do Xingu, na assistência vacinal, identificação dos laços familiares indígenas, pesquisa de malária e plantas medicinais, sendo chefiado pelo Professor Doutor Roberto Baruzzi. Lá, aprofundou os laços de amizade como médico dos irmãos Villas Boas, particularmente com Orlando Villas Boas. Ainda em 1996, foi pós-graduando na EPM-UNIFESP como residente cursando várias disciplinas, destacando-se em epidemiologia clínica junto com o Professor Doutor Ricardo Sesso, participando ativamente como médico residente no sistema de captação de órgãos com Professor Doutor José Osmar Medina Pestana.

 

Em 1997, encaminhado pelo professor Doutor Álvaro Pacheco e Silva Filho, nefrologista especializado em imunossupressão, realizou estágio em Milão-Itália, no Ospedale Maggiore di Milano, sob chefia do iminente médico nefrologista Professor Doutor Claudio Ponticelli, se especializando em glomerulopatias, transplante renal e uso de imunomoduladores. No mesmo ano, já transferido para Campinas, Dr. Morelli foi médico concursado da Rede Municipal de Campinas onde fundou o primeiro ambulatório para prevenção da progressão da Insuficiência Renal Crônica, para prevenir tratamentos de alta complexidade com diálise e transplante renal. Neste ano ainda, foi convidado a ingressar no corpo clínico do Hospital Vera Cruz de Campinas, onde implantou o Serviço de Nefrologia do Hospital Vera Cruz, com Diálise Peritoneal Domiciliar e Contínua e Diálise Peritoneal Automatizada. Pioneiro em técnicas de Hemodiafiltração Contínuas em UTI impactou positivamente na qualidade e sobrevida de pacientes críticos, antes desacreditados.

 

Em 1999, foi pós-graduando da UNICAMP concentrando seus estudos em função tubular proximal experimental com clearence de lítio, choque séptico e IRA (Insuficiência Renal Aguda) e hipertensão com Professor Doutor José Gontijo. Ainda esse ano, a ANS (Agência Nacional de Saúde) determinou que os planos de saúde deveriam dar obrigatoriamente atendimento ambulatorial a pacientes renais crônicos em programa dialítico. Com a sobrevivência dos pacientes críticos de UTI, alguns necessitavam continuar o tratamento hemodialítico. Graças ao pioneirismo do plano de saúde Hospital Vera Cruz, foi inaugurado o primeiro serviço exclusivo a pacientes com planos de saúde para Hemodiálise Ambulatorial de Campinas (SP) - Brasil. 

 

Em 2001, inaugurou o setor de Hemodiálise da Clínica Humânitas.

 

Em 2004, foi efetivado como médico do corpo clínico do Hospital Vera Cruz e Coordenador do Serviço de Nefrologia.

 

Em 2007, foi pioneiro e realizou o primeiro Transplante Renal do Hospital Vera Cruz, com absoluto sucesso. E inicia os mutirões de saúde com a campanha "Previna-se", de prevenção à progressão da Doença Renal Crônica, com o apoio da Sociedade Brasileira de Nefrologia e Sociedade Internacional de Nefrologia.

 

Em 2009, fundou o Instituto do Rim e Hipertensão de Campinas www.institutodorimcampinas.com.br. A campanha ganhou um caráter contínuo e parceria com a Rádio Globo CBN. 

Em 2016, a Campanha ganha o apoio do Rotary Campinas e expande os atendimentos para outra região de Campinas e, promove os mutirões tanto no Largo do Rosário como Área dos bairros Campo Grande.

Em 2017, uma força tarefa com 300 voluntários consegue bater os recordes dos mutirões passados e atinge cinco mil pessoas.

 

Em 2018, realizou em conjunto com o Instituto do Rim e Hipertensão de Campinas o DIA MUNDIAL DO RIM, com o TEMA: Valorização, Inclusão, Empoderamento da Mulher e a Saúde dos Rins. Realizou campanha informando mais de 10 mil pessoas diretamente nas ruas, além do apoio da mídia radio CBN, radio do Brasil, EPTV-Globo alcançando a região metropolitana de Campinas.

 

Realizou evento Cientifico na Sociedade de Cirurgia e Medicina de Campinas, a III Jornada Paulista de Prevenção e Tratamento da Doença Renal Crônica, trazendo para a comunidade médica e científica, a importância da valorização da mulher para a saúde dos rins com 3 iminentes pesquisadoras da Unicamp. (Consulte em www.institutodorimdecampinas.com.br.) 

Missão

 

Clínica Humânitas tem como missão a prestação de serviços médicos na área de Nefrologia, Diálise e Transplante Renal integrando os cuidados multidisciplinares. Com busca constante pela excelência e o aprimoramento de novas tecnologias, educação continuada e inovação para uma assistência médica eficiente e qualificada.

 

Estrutura

 

A Clínica Humânitas é hoje a mais tradicional, eficiente e segura clínica de Hemodiálise da região de Campinas, por apresentar rigoroso programa de qualidade da água, utilizando água ultra-pura e máquinas de Hemodiálise alemãs Fresenius.

 

Pioneira no uso de Hemodializadores de Alto Fluxo na técnica de Hemodiafiltração para todos os pacientes, obedece ao maior programa ético de qualidade e sobrevida; uma vez que esses filtros aumentam a curva de sobrevida dos pacientes em Hemodiálise.

Totalmente reformada, a Clínica Humânitas trabalha com osmose reversa, duplo passo, ozonização da água e lâmpadas UV. Os encanamentos foram substituídos de PVC para EPEX (polietileno) sem emendas. Tendo novas salas de consultório e apoio.

Graças ao controle de qualidade de água, a Clínica Humânitas, é atualmente a mais moderna de Campinas e região registrada na Anvisa, atestada por auditores independentes e pelos profissionais renomados do Instituto Adolfo Lutz. Possui um Núcleo de Segurança do Paciente com um programa de eventos adversos ativo e individualizado.

 

Com estrutura física amigável, a Clínica Humânitas se torna uma extensão da casa de todos os familiares que necessitam de apoio para interagir com segurança com os pacientes renais crônicos no salão de tratamento de diálise. Um diferencial, humanizando o tratamento com o convívio do paciente com a família. 

 

A estrutura da Clínica Humânitas dispõe de consultórios para atendimento da equipe multidisciplinar. O ambiente conta com sala para uso exclusivo, atendimento emergencial e isolamento. Possui equipamento reserva para utilização externa intra-hospitalar.

 

A Clínica Humânitas tem como um de seus diferenciais o atendimento personalizado. Este se dá pelo pequeno grupo de pacientes que realizam Hemodiálise por turno e pela equipe de saúde coesa.

 

A Clínica Humânitas trabalha com prevenção, Nefroproteção e Transplante Renal com atendimento ético, humano e de qualidade, com baixíssimo índice de retorno ao tratamento dialítico nestes mais de 20 anos de atuação. 

 

Na Clínica Humânitas, os pacientes tem um acolhimento diferente desde quando descem do carro ou ambulância que vieram transportados com um cuidado específico as necessidades particulares. O cardápio é individual feito por nutricionista, com higienização constante dos espaços; mantendo um equilíbrio entre um atendimento técnico profissional, porém humano.

 

Através da equipe multidisciplinar, o tratamento na Clínica Humânitas envolve dedicação, experiência, busca de conhecimento e domínio de novos recursos na prevenção e tratamento da Doença Renal Crônica. São esses os motivos que fazem com que a Clínica Humânitas seja pioneira e ofereça, há tanto tempo, um serviço de excelência.

 

Depoimentos

 

Em março de 2003, internado no Hospital Vera Cruz, aos cuidados do Dr. José Marcelo Morelli, os exames revelaram que os meus rins não davam condições de vida normal. E com jeito especial, convidou meus familiares para uma reunião, onde ficou definido que seria necessário iniciar seções de Hemodiálise. Tomadas às providências, iniciei em 14 de maio 2003, sempre com as orientações do Dr. Marcelo e sua equipe da Clínica Humânitas.

O Dr. Marcelo desde o início incentivou-me e orientou-me para o transplante, fazendo os exames e cuidando da parte física e emocional e da inscrição na fila de Doação de Órgãos.

Nas idas e vindas da vida e nas conversas diárias, minha mulher concordou em fazer a doação. Levamos ao conhecimento do Dr. Marcelo, que mais uma vez foi eficiente.

O Dr. Marcelo iniciou a fase delicada para o transplante renal, que ocorreu em em 12/12/2004, com total êxito.

A Clínica Humânitas completa 10 anos de atividades sempre dentro das exigências e normas da saúde hospitalar e o Dr. Marcelo tem demonstrado a sua capacidade de dirigi-la com ética e profissionalismo, junto com sua equipe especializada, orientando com carinho os pacientes e familiares.

Comemoramos com alegria os 10 anos. Hoje sou grato de ter sido atendido pela eficiência da Clínica Humânitas.

SUCESSO

Remo Tortolo e Albertina Barbarini Tortolo

 

Há 10 anos, durante uma internação, descobri que tinha perdido os rins. Foi então que conheci o Dr. Marcelo, que iniciou meu tratamento, primeiro com diálise peritoneal e depois com Hemodiálise. Para iniciar a diálise peritoneal tive que fazer duas sessões de Hemodiálise. Como naquele tempo ainda não existia a Clínica Humânitas, por três anos o meu tratamento foi realizado no Hospital Vera Cruz.Estabeleceu entre nós (Dr. Marcelo e eu) uma relação de confiança, pois durante todos esses anos tive alguns problemas sérios e ele, com sua dedicação e conhecimento, me ajudou a superá-los.

Orivaldo Senise