Rua Dr. Albano de Almeida Lima, 364 • Campinas (consultório)

Rua Dr. Albano de Almeida Lima, 384 • Campinas (diálise)

(19) 3212-0145 • (19) 3284-2528

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

Transplante Renal

 

Com o aumento da sobrevida dos pacientes submetidos aos programas de Hemodiálise na década de 60 e com o advento da azatioprina (medicação imunossupressora), iniciou-se em todo o mundo uma corrida para a realização de Transplante Renal com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos pacientes submetidos a Hemodiálise. 

 

O Programa envolve equipe multidisciplinar com médico nefrologista, psicólogo, enfermeiros, nutricionista, assistente social e equipe cirúrgica. O Transplante Renal pode ser realizado de forma preemptiva que antecede o paciente entrar em um programa de diálise ou após o início do programa de Hemodiálise.

 

Existem basicamente dois tipos de transplantes: com órgãos de doadores falecidos ou com o Transplante Renal intervivos. No caso deste último, uma vez detectada a compatibilidade do órgão acaba sendo realizado num prazo de três meses. Enquanto que, o transplante renal de doador cadáver deve se aguardar na lista de transplantes até chamada do Centro de Transplantes conforme programa rigoroso do Governo do Estado. 

 

A preparação para o Transplante Renal intervivos requer uma série de consultas e exames que se inicia com a manifestação do espírito altruísta e benevolente da doação na consulta médica e segue com uma série de exames que seleciona o doador mais adequado para aquele receptor.